Conheça os tipos de encadernação artesanal

No mercado atual, a encadernação tornou-se algo automatizado, para que livros, agendas e álbuns possam ser feitos em quantidade.

Mesmo assim, algumas pessoas ainda preferem fazer a encadernação artesanal, e neste artigo traremos algumas opções de encadernação artesanal que são simples, fáceis e seus resultados são incríveis.

Você poderá ver como encadernação artesanal passo a passo.

Encadernação Japonesa

A encadernação artesanal japonesa é uma das mais bonitas que resistiram ao tempo e ao avanço tecnológico, e por isso jamais conseguirá ser repetida por algum meio robotizado.

Na técnica japonesa as folhas não são dobradas, as costuras ficam aparentes e formam diversos desenhos com barbantes ou linhas.

É uma técnica normalmente utilizada para livros ou cadernos finos.

Técnica Belga Secreta

Nesta técnica, capa, contracapa e lombada são trabalhadas individualmente, o material destes pode variar entre madeira, acrílico ou o que sua imaginação achar melhor.

A técnica foi criada na Bélgica por Anne Goy de forma similar à japonesa.

Quando unidas, o conjunto das três partes criam a ilusão de uma costura única através do desenho.

Confira aqui tudo sobre a Técnica Belga de Encadernação.

Girdle

A técnica Girdle foi criada no período medieval, era utilizado em couro e tecido e com um nó na ponta que ia preso ao cinto, para facilitar o transporte de livros e cadernos.

Ao longo do tempo, ele passou a ser utilizado como um objeto de moda e muitas mulheres adicionavam joias a eles.

Essa técnica se difere pelo excesso deixado após a encadernação, que se estende e termina em um nó.

Técnica Diamond

A técnica Diamond chama bastante atenção pela simplicidade, e facilidade, depois que a costura está finalizada, é possível ver desenhos na parte da lombada em forma de diamante.

Técnica Japonesa com Fita

Muito similar a técnica japonesa, nesse caso ao invés de utilizar barbante ou linha, utiliza-se fita.

Esse tipo de técnica fica lindo para encadernação infantil ou livros e agendas.

Técnica de encadernação com Brochura

Esse tipo de técnica é a mais comum na indústria, mas não é por isso que ela não pode ser feita artesanalmente, ao contrário.

Quando bem feita, a encadernação artesanal com brochura fica lindo para agendas e cadernos.

Costuma ser a encadernação artesanal mais simples, barata e prática entre todas as técnicas, e uma boa escolha para quem está começando.

Técnica Skewer

Esse é um ótimo tipo de encadernação para livros de mensagens que fazem parte da decoração de festas.

Pela sua técnica, é possível abrir o livro em mais de 180 graus.

É uma ótima pedida para quem deseja algo criativo e bonito.

Técnica Springback

Essa técnica já é um pouco mais avançada que as outras apresentadas acima.

Como a costura é embutida, existe um espaço entre a lombada da capa e a do miolo, e isso gera ao livro uma flexibilidade total, podendo ser aberto completamente sobre superfícies.

Técnica Copta

Essa técnica foi desenvolvida pelos antigos Egípcios e costumava ser usada para encadernar textos sagrados, já que é uma das técnicas mais resistentes.

Nessa técnica, o miolo fica bem exposto, pode ser usado uma ou mais linhas de forma trançada.

Com linhas verticais, o miolo é unido a capa e cada sessão de folhas deve ser dobrada  em formato de caderno.

Deixe um comentário